Usar o melhor lençol

É gente, parece fácil. Parece. Vou contar uma coisa: não é. 

A gente tá sempre travando, são anos e anos de prática no apego. 

Percebi mais uma vez que eu estou longe ,  muito longe de me tornar uma pessoa desapegada.

Hoje parei um pouco com tudo pra pôr uma cor nas minhas unhas. Quem segue o blog lembra que eu destralhei esmaltes velhos. Fiquei com alguns esmaltes bons apenas e me propus a não comprar esmalte pra deixar estragar...comprar só quando acabasse. Acontece que acabaram -se as cores mais abertas. Não tava com vontade das cores escuras que tinha e fiquei irritada com isso....

Até que me dei conta que tinha lá, bem no meio das outras,  uma cor que eu amo e que , sério, eu evito usar para não gastar. É um esmaltezinho que uma amiga me trouxe dazoropa e é linda. Linda mesmo. 

Sabe o que é o bom disso tudo?  Assumir pra você mesmo o que é que tá pegando. Tava pegando era um apego imenso ao esmalte head red. Um apego tão grande que, por mais que eu amasse , estava deixando de usar. Assume Lilian. Assume.

Segue a conversa interna: 

Então...tem esse...que a  _____ trouxe pra você... 

É... mas esse esmalte...é tão pequeno o vidro...e eu gostei tanto dessa cor...não tão cedo vou conseguir comprar outro...

Pois é, você gostou né...legal ia ser ele secar aí no vidro esperando a "ocasião " pra usar ...( irônica , claro)

...Ah, quer saber...a ocasião é agora , né?

É...

                                     *****

E paciência, sabe? O  esmalte vai acabar mas a outra opção que secar é no pote sem usar, é definitivamente pior.

 Não quero viver guardando coisas para um futuro que não chega. A hora é agora!!! É hora de usar o melhor lençol, beber o vinho bom... Usar o sapato bonito, mesmo que ele estrague. Confiar que virão novos e bonitos esmaltes, outros vinhos especiais e lençóis bacanas quando esses acabarem. Que surjam outros depois!! Força!!!



1 comentário

Postagens mais visitadas