Experiência 2 semanas sem carro

Há três semanas uma carreta, de ré, acertou o carrinho.

O motorista desceu na hora, pediu milhões de desculpas e acionou seu seguro.

Resultado: não vou gastar nada mas vou ficar sem carro pelo tempo do concerto.

*****
Impressões de uma vida a pé



- Tô adorando não ter a responsabilidade do carro. Sim, o  carro é uma bruta responsabilidade. Coisas como, Onde parar? Quanto por de gasolina? Tempo pra lavar, etc, etc, etc.


-Me vejo livre da tensão do trânsito, que é um susto a cada minuto, precisa de atenção constante pra nada dar errado, especialmente porque muita gente não usa, e não usa mesmo, a direção preventiva...(Motoqueiros de Campinas, todos loucos, só aviso!)


- Descobri que o transporte publico campineiro é uma meleca. Muito, muito precário. Mas ainda assim é mais leve andar de ônibus que de carro.


- É preciso organizar melhor o tempo, não dá pra fazer milhões de coisas no mesmo dia.


-É barato


-Passei a andar com a Maquina de Fotografia pra tirar foto, dá tempo, e estou alimentando o meu Blog de Imagens sobre Campinas.


- Bom levar um livro e um carregador extra de celular.


- Se eu virar vereadora vou instaurar uma lei que proíba motorista de ônibus de ter carro de passeio- Eles precisam saber como é andar em pé num ônibus lotado enquanto rola uma curva  em alta velocidade.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas