Porque viver é uma vez só

Por que eu larguei o cargo público que eu não gostava? Porque , de repente, percebi que organizava minha vida para ficar  a maior parte do tempo no trabalho...fazendo coisas chatas e me tornando uma frustrada, dessas que ganha bem e depois vai lá e gasta. Longe da minha própria vida , família, das minhas filhas, da minha pesquisa na Universidade.
O lance é que não era um trabalho desses que a gente gosta. Era um trabalho desses que paga bem, só!
Eu acho que já tenho idade suficiente para poder mandar à merda as pressões sociais. Eu não quero ter casão/roupa da moda/carro importado ou qualquer coisa que signifique um compromisso financeiro que exija de mim todo o meu tempo e saúde. Eu não quero por a minha vida em compasso de espera enquanto eu conquisto coisas. 
Eu demorei muito pra assumir o que quero. Eu gosto de educação. Agora, nesse momento, eu quero estudar, fazer pesquisa, ler. Se para isso eu preciso me adaptar a um salário menor, maravilha! Essa é minha escolha! Eu sei que eu tenho sorte de poder fazer essa escolha. Não é todo mundo que pode diminuir o ritmo de trabalho. Infelizmente, não é.

3 comentários

Postagens mais visitadas