Pistrak, um russo em minha vida



Desde que li sobre as experiencias pedagógicas na URSS antes de Stalin, muita coisa mudou por aqui. Cancelei qualquer tipo de serviço de limpeza contratado. Nem faxineira semanal, nem quinzenal , nem nada. A grande questão , que também está explicada nesse texto aqui, é que se há alguma coisa a fazer pela revolução, e que eu posso fazer, é ensinar às minhas filhas que é preciso diminuir as diferenças sociais, e um modo de fazer isso é fazer a própria limpeza.


Fundamentos da Escola do Trabalho, de Pistrak, eu super recomendo!!Fala do auto serviço, que tem a ver com evitar a separação entre trabalho intelectual e manual e a consequente valoração de um em detrimento de outro ( tão presente na sociedade capitalista) .

As crianças na experiencia russa , PRECISAVAM lavar seus pratos depois de comer na escola. Era tarefa das crianças varrer o chão de sua sala de aula quando fosse necessário e guardar e arrumar suas coisas ao final do dia escolar, elas precisavam entender que isso é algo aceitável,  normal e louvável. Não é um trabalho menor, é um trabalho. Eu posso lavar meu prato e depois voltar aos estudos, ter aula de teatro, literatura, história, a idéia é propiciar o desenvolvimento do ser humano integral. Eu amo. Ontem foi aniversário de 156 anos do lançamento do "Manifesto Comunista".E eu sigo acreditando. Nesse site pode-se ler um artigo sobre a Pedagogia Marxista.


Pistrak

Postar um comentário

Postagens mais visitadas