Alongamentos e afins.


     Sabe aquela máxima: Faça?!Então, vamos lá, né? Por que eu sai do Yoga faz mais de mil anos, não consigo voltar para a musculação, o professor de Flamenco ( que eu mal havia começado) mudou TODOS os horários para horários-impossíveis-escolhidos-a-dedo-para-não-baterem-com-os-meus, e andar pela cidade não tá tendo disciplina que me mova...então...enfim ...agendei uma aula de Iyengar para amanhã. Não, não é pilates. Não , nãe é RPG, nem Swásthya, nem nenhum super exercício da moda, mas continuar do jeito que está não vira, já estou me sentindo uma travada, se continuar assim daqui a pouco vou ser daquelas pessoas  que roda horas para achar um lugar perto da entrada do shopping só para não andar( me desculpem pessoas, se vcs forem assim), ou então daqueles que dói tudo quando abaixa pra pegar um treco ( meda!). Melhor eu me mecher, já!
Hum, um dia eu chego lá.
:))

   Sinto falta de me alongar!É uma sensação deliciosa ir vendo que o corpo cede a cada dia e vc chega mais longe ( seguindo a mesma lógica, o corpo endurece a cada dia mais de sedentarismo, own, help). Enfim. A economia orçamentária daqui de casa vai ter que se ajustar.     Economizar nisso é que nem economizar em fruta: não dá! É questão de qualidade de envelhecimento.Ninguém, em sã consciência , deveria pagar tv a cabo enquanto economiza em qualidade de vida, e vida real digamos de passagem. Não é o óbvio ululante?Me digam?                            


**********
Postar um comentário

Postagens mais visitadas